Policiais civis da Delegacia Regional de Iguatu prenderam um homem de 39 anos suspeito de tentar cometer um homicídio, no último dia 6 de outubro deste ano, na cidade de Iguatu. A prisão ocorreu, nesta sexta-feira (11), por força de um mandado de prisão preventiva.

Após investigações que apontavam Gilderlanio Alves de Araújo (39) como o principal suspeito de tentar cometer um homicídio na cidade de Iguatu serem concluídas, um mandado de prisão preventiva foi solicitado ao Poder Judiciário. De acordo com levantamentos policiais, Gilderlanio não aceitava o fato de a prefeita do município de Quixelô,  não ter apoiado a candidatura da esposa dele, sobrinha da vítima, para conselheira tutelar da cidade. O homem não tinha passagens pela Polícia.

Na manhã de hoje (11), o mandado de prisão foi cumprido na cidade de Acopiara. Após os procedimentos sobre o fato serem realizados, o infrator foi encaminhado à unidade policial da região. Agora, ele se encontra à disposição da Justiça para responder pelo crime de tentativa de homicídio.

O crime

No dia 6 de outubro deste ano, Gilderlanio Alves, conhecido como “Lanio”, invadiu a festa de aniversário da prefeita de Quixelô, que estava ocorrendo no sítio Cavaco, na zona rural de Iguatu, e efetuou disparos de arma de fogo contra os convidados que se encontravam no local. Ninguém foi ferido na ocorrência. Após a ação, ele fugiu. A arma de fogo utilizada no delito foi apreendida por policiais militares da região horas depois do ocorrido.

Siga-nos e fique bem informado

👍 Siga nos #Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

Compartilhe esta publicação