André Fernandes e Camilo Santana se cumprimentam pela primeira vez após eleições.

Famoso nas redes sociais após chamar o governador Camilo Santana de “frouxo” por conta da violência no Estado, o deputado estadual eleito, o youtuber André Fernandes, do PSL, se encontrou, pela primeira vez, com o chefe do Executivo reeleito. Durante solenidade de diplomação ocorrida no fim da tarde da quarta-feira (19), o parlamentar cumprimentou Camilocom um aperto de mão.

O gesto protocolar, aparentemente, não agradou nenhum dos dois, como pode ser percebido na imagem feita pelo repórter fotográfico Saulo Roberto. No pleito eleitoral, o governador chegou a processar o então candidato na Justiça Eleitoralsolicitando a remoção de conteúdo nas redes sociais em que o youtuber acusou o governador de fazer acordo com presos. Na ocasião, chamou atenção o fato de o deputado eleito ter chamado Camilo, por diversas vezes, de “frouxo”.

No ato de diplomação, na quarta-feira, o parlamentar também protagonizou outra cena que gerou aplausos e vaias das pessoas presentes ao disparar que “ladrão tem que ‘tá’ na cadeia”.

André Fernandes é filho de pastor evangélico e se declara conservador. Também é crítico do chamado “politicamente correto”. Na disputa eleitoral deste ano, o jovem, com 20 anos, se tornou o parlamentar mais votado para a Assembleia Legislativa Estadual do Ceará, com 109,7 mil votos.

Recentemente, o Ministério Público Eleitoral do Ceará solicitou à Justiça Eleitoral a cassação de pelo menos sete deputados estaduais e três deputados federais por abuso de poder, condutas vedadas, gastos irregulares e captação ilícita. André Fernandes se encontra entre os denunciados pelo Ministério Público.

Além dele, também são denunciados os deputados eleitos Aderlânia Noronha (SD), Danniel Oliveira (MDB), Érika Amorim (PSD), Leonardo Araújo (MDB), Sérgio Aguiar (PDT) e Tin Gomes (PDT). Já os deputados federais alvos do MP são Eduardo Bismarck (PDT), Genecias Noronha (SD) e Idilvan Alencar (PDT).

No estilo Jair Bolsonaro (seu ídolo político), o jovem parlamentar foi às redes sociais criticar o Ministério Público e a imprensa sobre o pedido de cassação de seu mandato.  “Desafio o MP ou qualquer jornaleco me acusar de corrupção”, disse.

Fonte: Diário do Nordeste.

Compartilhe esta publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *