O Ministério Público Eleitoral, por intermédio da Promotoria Eleitoral da 67ª Zona, ajuizou ação cautelar com o intuito de deflagrar buscas e apreensões para coibir a prática da compra de votos em Ocara. Os mandados foram cumpridos pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (11). O processo eleitoral é sigiloso e os mandados foram cumpridos após determinação do Juízo Eleitoral da 67ª Zona.

Foram apreendidos materiais de campanha (santinhos de candidatos) acompanhados de recibos, que estão à disposição do Poder Judiciário. Os mandados foram deferidos a pedido do Ministério Público Eleitoral, que busca provas de abuso do poder econômico e da captação ilícita de sufrágio, o que pode acarretar inelegibilidade de candidatura e, ainda, prisão em flagrante.

MPCE

👍Nos acompanhe pelas Redes Sociais.
INSTAGRAM:
https://instagram.com/quixeramobim_alerta?igshid=o9ua0jcc4btv
FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/
YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfV

Compartilhe esta publicação