Cerca de 80 presos que se encontravam em seis celas da Cadeia Pública da cidade de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza/RMF (a 53Km de Fortaleza), foram transferidos , nesta segunda-feira (17) para presídios e Casas de privação Provisória da Liberdade (as CPPLs). A remoção coletiva foi determinada pela Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) e ocorreu 48 horas após a unidade registrar a morte de três detentos durante uma briga entre membros de facções criminosas rivais.

Os presos foram distribuídos para a Penitenciária de Pacatuba, CPPLs do Complexo Penitenciário de Itaitinga, e outras unidades não reveladas. O objetivo da medida foi evitar novas situações de confronto entre detentos das facções rivais Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE).

A briga entre os internos aconteceu na manhã de sábado (15) quando bandidos do Comando Vermelho (CV) que cumpriam pena ou aguardavam julgamento na Cadeia Pública decidiram matar os integrantes da GDE que haviam chegado ali recentemente. Desde a noite de sexta-feira (14) o clima já era de ameaças, conforme relatou um agente penitenciário nas redes sociais.

Por: Fernando Ribeiro.

Compartilhe esta publicação