Uma ação realizada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de equipes do 20º Distrito Policial (20º DP), do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), em parceria com a Polícia Civil do Distrito Federal, resultou na captura de Ernandes Lopes Pereira (69), acusado do assassinato do delegado de Polícia Civil do Ceará, Cid Júnior Peixoto do Amaral.

O mandado de prisão contra o ex-promotor Ernandes Lopes foi cumprido, na manhã desta sexta-feira (29), em Brasília, no Distrito Federal. O indivíduo estava na condição de foragido da Justiça desde o dia 14 de dezembro do ano passado, quando teve sua decisão condenatória decretada. Conforme os levantamentos policiais, o acusado mudava constantemente de endereço, dificultando, dessa forma, o cumprimento da decisão judicial.

Os investigadores levantaram informações sobre possíveis endereços do ex-promotor, em Brasília, comunicando a Polícia Civil do Distrito Federal. Os agentes brasilienses realizaram diligências e identificaram o condenado, realizando a prisão do mesmo. A 1ª Vara da Comarca de Eusébio será comunicada sobre a prisão de Ernandes no Distrito Federal, podendo determinar sua transferência para Fortaleza, onde será encaminhado para o Sistema Penitenciário. Ernandes foi condenado por homicídio, tendo que cumprir 13 anos e noves meses de prisão.

O crime

O delegado cearense foi assassinado a tiros no dia 13 de agosto de 2008, na casa onde o suspeito morava, no bairro Precabura, no Eusébio. Ernandes havia convidado a mãe do delegado para conhecer o local. Ao fim do seu expediente, Cid Júnior foi até a casa do suspeito para pegar sua genitora, ocasião em que ocorreu o crime.

Siga-nos e fique bem informado

👍 Siga nos #Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

Fonte: SSPDS.

Compartilhe esta publicação