Uma ação integrada de equipes do Batalhão Especial de Policiamento do Interior (Bepi) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) resultou na prisão de um homem suspeito de integrar um grupo criminoso responsável por atos ilícitos no município de Saboeiro. Seis armas de fogo, entre elas algumas que são suspeitas de terem sido utilizadas para cometer homicídios na região, foram apreendidas durante a atuação dos militares, que aconteceu na tarde de segunda-feira (25). O caso foi levado para a Delegacia Regional de Iguatu da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), onde foi instaurado inquérito policial referente ao ocorrido.

Com informações sobre os imóveis onde estariam os responsáveis por crimes como homicídios na cidade, os policiais deram início à ofensiva. Um dos primeiros locais a ser vistoriado foi uma residência onde estaria um dos suspeitos. O local estava vazio e apenas uma munição de calibre 38 foi encontrada pelos militares. O material foi recolhido e a equipe seguiu para outro endereço, onde estava Jackson Maciel da Silva Luna (25), apontado como um dos integrantes do bando. No terreno onde fica a casa, os PMs encontraram um veículo modelo Palio, que teria sido utilizado pelo grupo para praticar crimes na região.

Dando sequência às ações, os policiais militares foram até outra casa na companhia de Jackson, apontada como local utilizado para guardar armas de fogo. No imóvel, situado no Centro de Saboeiro foram encontrados vários materiais ilícitos como duas espingardas calibre 12, sendo uma delas de fabricação artesanal; um rifle calibre 44; dois revólveres calibre 38 e um revólver calibre 32. Foram localizadas ainda seis munições de calibre 44 e outras cinco munições de calibre 12, além de três jaquetas que teriam sido utilizadas pelos infratores no momento dos crimes.

Foi dada voz de prisão ao suspeito. Jackson Maciel foi levado para a Delegacia Regional de Iguatu e autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo e receptação. Todo material apreendido também foi entregue na unidade da Polícia Civil. O trabalho de buscas continua e as investigações por parte da PCCE estão em andamento com o objetivo de localizar e capturar os outros suspeitos, já devidamente identificados.

Via SSPDS.

_👍 Nos acompanhe pelas Redes Sociais._

INSTAGRAM:
https://www.instagram.com/site_quixeramobimalerta?r=nametag

FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfVw

Compartilhe esta publicação