A Grande Fortaleza que incluí a Capital e mais 18 municípios metropolitanos, registrou nos primeiros 13 dias de fevereiro uma onda acentuada de mortes violentas causadas, principalmente, pela guerra entre facções. No período foram registrados 71 assassinatos. A matança de integrantes de grupos criminosos rivais atingiu especialmente Fortaleza, Caucaia e Maracanaú que juntas somaram 50 mortes.

Entre os dias 1º e 13 deste mês, 28 pessoas foram assassinadas nas ruas da Capital, além de outras 13 em Caucaia e nove em Maracanaú. Entre as 28 vítimas da violência estão seis adolescentes. O ritmo das execuções sumárias tem preocupado as autoridades da Segurança Pública que adotaram medidas emergências para tentar conter o “estouro” das estatísticas dos Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) em todo o estado.

No mês de janeiro deste ano, o estado do Ceará apresentou um aumento real de 35.9 por cento dos assassinatos em comparação a janeiro de 2019. Foram totalizados neste ano 261 crimes de morte contra 192 em 2019, isto é, 69 assassinatos a mais.

Via Blog do Fernando Ribeiro.

📌 Fique ligado as nossas redes sociais, acesse os links abaixo 👇 👇

👍 Siga-nos no Instagram.
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa Página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

👋 Participe do nosso Grupo no Facebook.
https://www.facebook.com/groups/399305307167448/

Compartilhe esta publicação