Duas faculdades disputam a implantação do Curso de Medicina em Quixadá.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou a relação das instituições selecionadas à disputa final pela implantação dos cursos de Medicina em quatro cidades cearenses, dentre elas Quixadá.

Das sete inscritas, a IREP Sociedade de Ensino Superior Médio e Fundamental Ltda., mantenedora da Estácio FIC e a Organização Educacional Farias Brito Ltda. seguem no certame. A Estácio FIC foi classificada com 27,3 pontos. A Farias Brito recebeu nota 24 da comissão avaliadora do MEC.

Apesar de as instituições de ensino não terem sede em Quixadá, uma delas, a Organização Educacional Farias Brito firmou parceria com a Faculdade Cisne de Quixadá. Em razão de a Cisne já manter um conceituado complexo educacional, o convênio é um forte concorrente à aprovação do curso.

A Faculdade Cisne já conta com o curso de Medicina Veterinária e está instalando a primeira clínica especializada dessa área no Sertão Central.

Todavia, as outras entidades participantes da seleção ainda podem ingressar com recursocontestando a decisão da junta avaliadora do MEC. As contestações podem ser encaminhadas até o dia 21 deste mês. Uma das interessadas é a Faculdade Dom Adélio Tomasin (Fadat). O núcleo de ensino criado pelo bispo emérito da Diocese de Quixadá, recebe o seu nome. Está em construção nesta cidade.

 

Fonte: Diário do Nordeste.

Compartilhe esta publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *