Na última terça-feira, 16, imagens de atos de vandalismo foram compartilhadas nas redes sociais. As imagens mostravam esculturas de madeira que fazem parte da composição artística do Memorial Antônio Conselheiro de Quixeramobim, danificadas.

Segundo informações, os vândalos chegaram a danifica pelo menos duas peças muito importantes. Uma das peças danificada e a figura de Antônio Conselheiro que ficava exposta na entrada do memorial que hoje é ocupado provisoriamente pela Câmara Municipal de Quixeramobim.

As esculturas foram criadas pelo artista Mestre Manoel Graciano.

Mestre Manoel Graciano

Manoel Graciano Cardoso, o mestre Manoel Graciano, é um dos mais prestigiados escultores vivos do Estado do Ceará. Ele nasceu no dia 27 de julho de 1927 em Santana do Cariri-CE, mas foi criado em Juazeiro do Norte. Autodidata, ele começou a trabalhar com madeira ainda na infância. Desde muito cedo aprendeu a lidar com ferramentas e materiais de fabricação de brinquedos e outros objetos de uso diário, como pilões e gamelas.

Cultura de Quixeramobim abandonada

Os atos de vandalismo mostram como a cultura de Quixeramobim encontra-se abandonada pelo poder público municipal.

O memorial Antônio Conselheiro faz parte da história de Quixeramobim, porém não está sendo valorizado pelo poder público, essa desvalorização é nítida pelo atos de vandalismo cometidos nesta semana.

👍Nos acompanhe pelas Redes Sociais.
INSTAGRAM:
https://instagram.com/quixeramobim_alerta?igshid=o9ua0jcc4btv
FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/
YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfV

 

Compartilhe esta publicação