A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Municipal de Jaguaretama, deu cumprimento a três mandados de prisão preventiva, na quinta-feira (12), em desfavor de três pessoas envolvidas em um crime de homicídio ocorrido em setembro de 2019 no município de Jaguaretama.

Após diligências policiais, que contou com o apoio da Delegacia Regional de Jaguaribe, foram presos: Édson Rodrigues Cândido (28), sua esposa Maria José Alves Caetano (47), vulgo “Beta”, e Edvando Caetano da Silva (35), sobrinho da Maria José. Todos sem antecedentes criminais. Édson e Maria José são suspeitos de serem os mandantes do crime e Edvando, um dos executores. Eles foram encaminhados para a delegacia, onde foram realizados os procedimentos policiais referentes ao fato e, em seguida, colocados à disposição da Justiça. A Polícia segue investigando o paradeiro de Atson Rodrigues Cândido (20), irmão do Édson e sem antecedentes criminais. Ele está com mandado de prisão em aberto por ser suspeito de participação como um dos executores do homicídio.

Crime

A vítima, identificada como Antônio Adriano Rodrigues da Costa (26), foi morta no dia 08 de setembro de 2019, em um bar no sítio Cumbe, zona rural de Jaguaretama. Dois homens chegaram em uma moto e um deles efetuou disparos contra a vítima, que morreu no local na frente da esposa e de duas filhas pequenas. O motivo, conforme investigações, seriam os desentendimentos entre a vítima e os infratores.

Via SSPDS.

📌 Fique ligado as nossas redes sociais, acesse os links abaixo 👇 👇

👍 Siga-nos no Instagram.
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa Página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

👋 Participe do nosso Grupo no Facebook.
https://www.facebook.com/groups/399305307167448/

Compartilhe esta publicação