Após cinco dias atuando de forma ininterrupta nas buscas por sobreviventes do desabamento do Edificio Andrea, ocorrido na manhã de terça-feira (15), em Fortaleza, as equipes do Corpo de Bombeiros resgataram a última vítima, na tarde deste sábado (19). Ao todo, cerca de 350 profissionais da segurança atuaram nas ações de resgate.

Em entrevista concedida na noite de hoje (19), o coronel comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), Luis Eduardo Holanda, falou à imprensa sobre o término das buscas e o balanço final do número de vítimas localizadas durante a operação. “A partir desse momento, declaramos encerrada a parte operacional do resgate. Agradeço a todos que contribuíram para o sucesso da operação, todos os órgãos públicos, municipais e estaduais, e principalmente a população que nos ajudou”. Emocionado, ele finalizou a entrevista dizendo que “conseguimos, graças a todos os que cooperaram, exercer o lema do Corpo de Bombeiros: vidas alheias e riquezas salvar.”

Nove vítimas fatais foram identificadas pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). São elas, Maria das Graças Rodrigues (70), José Eriverton Laurentino Araujo (44), Vicente de Paulo Vasconcelos de Menezes (86), Rosane Marques de Menezes (56), Maria da Penha Bezerril Cavalcante (81), Nayara Pinho Silveira (31), Antônio Gildasio Holanda Silveira (60), Izaura Marques de Menezes (81) e Frederick Santana dos Santos (30). Durante os dias de trabalho das forças de segurança, sete pessoas foram resgatadas com vida.

Em suas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana, expressou gratidão a todos os envolvidos na operação. “Quero abracar e agradecer a todos aqueles que se dedicaram de forma heróica, nos últimos dias, na operação de busca e resgate às vítimas do Edifício Andrea, através do nosso comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Cel Holanda. Aos servidores do Governo do Estado e da Prefeitura, instituições parceiras e as dezenas de voluntários que uniram forças e se doaram de corpo e alma nesses dias de dor, determinação e esperança,” finalizou.

No decorrer dos dias, as equipes concentrarão o trabalho na extração dos escombros e na limpeza total do local.

Investigação

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do 4° Distrito Policial, informa que instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias do desabamento do Edifício Andrea. Até o momento, 17 pessoas já foram ouvidas durante o andamento do processo. Agora, após os procedimentos de buscas terem sido finalizados, a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) iniciará os trabalhos periciais com o intuito de averiguar as causas do desabamento.

Siga-nos e fique bem informado

👍 Siga nos #Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

Fonte: SSPDS.

Compartilhe esta publicação