O presidente Jair Bolsonaro liberou, na tarde de quinta-feira (24), cerca de R$ 2,5 bilhões para o Brasil integrar o programa global de vacinas contra a covid-19, batizado Covax Facility. A liberação consta em duas medidas provisórias.

Os valores liberados servem para que o país possa “comprar o equivalente para garantir a imunização de 10% da população até o final de 2021, o que permite atender populações consideradas prioritárias”, diz trecho de comunicado publicado pela Secretaria Geral da Presidência da República.

A adesão ao programa permitirá o acesso ao portfólio de nove vacinas em desenvolvimento, além de outras que ainda estão sob análise.

👍Nos acompanhe pelas Redes Sociais.
INSTAGRAM:
https://instagram.com/quixeramobim_alerta?igshid=o9ua0jcc4btv
FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/
YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfV

Com informações do UOL Notícias

Compartilhe esta publicação