A Justiça fluminense decidiu nesta sexta-feira (08) acolher um pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) para transferir a investigação sobre o suposto crime de desobediência de decisão judicial atribuído a William Bonner e Renata Vasconcellos, apresentadores do Jornal Nacional na TV Globo.

Ambos são investigados pela divulgação de informações sobre o Caso Queiroz, que envolve o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A investigação estava sob responsabilidade da 39ª Vara Criminal, mas o juiz Ricardo Coronha Pinheiro declinou hoje da sua competência para julgar o caso e ordenou a transferência do processo para o 4º Jecrim (Juizado Especial Criminal), localizado no Leblon, bairro da zona sul carioca.

👍Nos acompanhe pelas Redes Sociais.
INSTAGRAM:
https://www.instagram.com/cearaalerta_oficial?r=nametag
FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/
YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfV

Compartilhe esta publicação