Cinco homens foram capturados na noite desta segunda-feira (28) quando depredavam ônibus no bairro Papicu, na Zona Leste de Fortaleza. A prisão dos vândalos foi feita por uma patrulha da Força Nacional de Segurança (FNS). Nas últimas 24 horas, ao menos cinco ataques criminosos foram registrados pelas autoridades no 27º dia de atentados no Ceará.
Os cinco homens são moradores de uma comunidade no bairro Papicu, e estavam apedrejando coletivos que passavam pela Rua Valdetário Mota. Uma equipe da Força Nacional de Segurança, sob o comando do sargento PM Édipo, recebeu a informação de motoristas e se dirigiu ao local, realizando rapidamente a prisão dos cinco suspeitos. O grupo foi conduzido a uma delegacia de plantão da área, onde foram realizados os procedimentos policiais.
Também na noite desta segunda-feira (28), mais um caminhão da operadora de energia elétrica Enel foi atacado na Capital, o segundo em menos de 24 horas. O fato aconteceu na Rua Justiniano de Serpa, no bairro Otávio Bonfim, na zona Central da Capital. Bandidos tentaram destruir completamente o veículo de serviços. O fogo, no entanto atingiu somente a carroceria, queimando materiais e equipamentos da empresa. Ninguém foi preso.

Trote

No meio da tarde de ontem, o Esquadrão Antibombas do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), foi acionado para ir à Rua Rodrigues Júnior, esquina com a Avenida Santos Dumont, na Aldeota, onde uma mala deixada na calçada de uma residência estaria contendo explosivos. Após o trabalho dos explosivistas e do robô foi constatado que não havia nenhum artefato dentro da mala. Tratou-se de mais um trote.
Outro ataque foi registrado também à noite, quando vândalos atearam fogo em dois contêineres de lixo colocados próximos a um supermercado, na Avenida Washington Soares, no bairro Água Fria.
Unidades do Batalhão de Choque (BPChoque) também foram acionadas nesta segunda-feira para conter uma rebelião de adolescentes infratores mantidos em internação no Centro Educacional Patativa do Assaré, no bairro Ancuri, na zona Sul da Capital. Houve queima de colchões e outros bens, mas não foi registrada nenhuma fuga. Com a entrada dos policiais na unidade, o motim foi rapidamente controlado.
Ainda na noite de segunda, houve o registro de dois transformadores de energia elétrica que explodiram nos bairros Jangurussu e Sapiranga-Coité. Policiais militares estiveram nos dois locais, mas constataram que não houve ataques.

Resumo dos últimos ataques criminosos no Ceará:
Dia 28 de janeiro/Segunda-Feira (27º Dia de ataques)

1 – Ameaça de bomba deixada numa mala na esquina da Av. Santos Dumont com a Rua Rodrigues Júnior, no bairro Aldeota. Gate acionado. Após varredura, nada encontrado (CAPITAL)

2 – Caminhão da operadora de energia Enel parcialmente incendiado na Rua Justiniano de Serpa, no bairro Otávio Bonfim. Criminosos atearam fogo em materiais e equipamentos de trabalho na carroceria do veículo (CAPITAL)

3 – Dois contêineres de lixo queimados, em frente ao supermercado Cometa, na Av. Washington Soares, no bairro Água Fria (CAPITAL)

4 – Adolescentes infratores do Centro Educacional Patativa do Assaré, no bairro Ancuri, iniciaram rebelião e destruição do patrimônio público, na noite desta segunda-feira. Unidades do GIT e do BPChoque/PM entraram no local e contornaram a situação. (CAPITAL).

5 – Cinco suspeitos detidos por uma composição da FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA (comandante da patrulha, sargento Édipo) quando depredavam (atiravam pedras) em ônibus na Rua Valdetário Mota, bairro Papicu (CAPITAL)

OBS: Durante a noite foram registradas explosões em dois transformadores de energia elétrica, nos bairros Sapiranga-Coité e Jangurussu, na Capital, mas sem comprovação de atentados.

Por: FERNANDO RIBEIRO

Compartilhe esta publicação