A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (4), a Operação Labirinto, com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão em desfavor de alvos que integram uma organização criminosa com atuação em municípios do Sertão Central. Mais de 80 mandados de prisão e 53 mandados de busca e apreensão foram cumpridos até o fim dos trabalhos policiais. As informações acerca da operação serão divulgadas, na manhã desta sexta-feira (5), em coletiva de imprensa, no auditório da Delegacia Geral da Polícia Civil, em Fortaleza.

Ao todo, 200 policiais civis dos departamentos de Polícia da Capital (DPC), da Metropolitana (DPM), Interior Norte (DPI Norte), Interior Sul (DPI Sul), Especializada (DPE) e Técnico Operacional (DTO) foram mobilizados para dar cumprimento aos mandados judiciais, nos municípios de Quixeramobim, Milhã, Canindé, Baturité, Senador Pompeu e Fortaleza. Além do cumprimento dos mandados, alguns suspeitos foram presos em flagrante e conduzidos para realização de procedimento na sede da Delegacia Municipal de Quixeramobim.

O trabalho policial é resultado de investigações da Delegacia Municipal de Quixeramobim, com apoio da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), sobre o envolvimento de integrantes com o tráfico de drogas e outras práticas ilícitas na região. Os levantamentos policiais tiveram início em janeiro de 2018, com foco nas negociações de entorpecentes da organização criminosa que atua na região do Sertão Central, em especial, nos municípios de Quixeramobim, Milhã e Senador Pompeu, todos localizados na Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20).

O balanço parcial da Operação Labirinto resultou ainda na apreensão de armas, drogas, carro de luxo e mais de R$ 25 mil em espécie nas diversas frentes da operação. Os alvos da operação também consta suspeitos que estão reclusos no sistema penitenciário do Estado. Mais detalhes serão divulgados em coletiva.

 

Siga-nos e fique bem informado

👍 Siga nos #Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

Fonte: Polícia Civil.

Compartilhe esta publicação