O trabalho de identificação de pacientes que dão entrada como desconhecidos em hospitais públicos no Ceará realizado pela Perícia Forense do Estado (Pefoce) resultou na identificação de um foragido da Justiça. O caso foi registrado, nessa segunda-feira (12), no Instituto Doutor José Frota (IJF) no Centro de Fortaleza.

O homem de 32 anos, que já responde a dez procedimentos policiais – sendo três por homicídio doloso, seis por roubo e um por dano –, estava com mandado de prisão em aberto, desde 2017, pela 4ª Vara do Júri, referente à prática de um homicídio. Ele deu entrada no hospital, em setembro deste ano, vítima de espancamento e, desde então, era considerado desconhecido.

Uma equipe do Laboratório de Identificação de Desconhecidos e Desaparecidos (LIDD) foi responsável pela identificação. “Colhemos as digitais do paciente e buscamos os registros civis e criminais dele. Foi então que conseguimos positivar as informações e constatar quem ele era de fato”, afirmou o auxiliar de perícia responsável pelo trabalho nos hospitais, Humberto Quezado.

A partir da identificação do paciente, a autoridade policial foi comunicada da localização dele. O homem agora segue acompanhado por policiais e aguarda alta médica para ser conduzido à Delegacia de Capturas e Polinter (Decap) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: SSPDS.

Compartilhe esta publicação