Dando continuidade aos trabalhos de combate ao tráfico de drogas em Fortaleza, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) apreendeu cerca de 6,5 quilos de entorpecentes em uma ação realizada, na tarde desta segunda-feira (29). O material foi encontrado em imóveis localizados nos bairros Aldeota e Conjunto Ceará. Dois homens foram presos e autuados em flagrante por tráfico de drogas.

O primeiro a ser capturado foi Kevim William Moreira de Assis (21), com passagens por tráfico de drogas, associação para o tráfico e roubo. Ele foi abordado quando saía de um imóvel no bairro Aldeota (AIS 1). O homem já vinha sendo investigado pelos policiais civis por ser suspeito de comercializar entorpecentes na região. No apartamento dele, os policiais civis apreenderam um tablete de maconha tipo “skunk”, uma tornozeleira eletrônica quebrada, cordões e relógios.

Ainda durante a ofensiva, um outro homem identificado como Caique Barbosa do Nascimento (27), com antecedentes por tráfico de drogas, também foi preso em uma residência do bairro Conjunto Ceará (AIS 2). De acordo com as investigações, “Irmão Bitcoin”, como é conhecido Caique, é apontado como o responsável pela distribuição de drogas na Capital e que, também, quem fornecia as drogas para Kevim vender.

No imóvel, mais cinco tabletes da droga foram encontrados dentro de uma caixa em cima de um guarda-roupa. Ao todo, seis quilos e quatrocentos e vinte e seis gramas de skunk foram apreendidos na ação. A droga estava acondicionada em sacos plásticos.

Ainda durante a ofensiva, diversos cartões de crédito, anéis, aparelhos celulares e dinheiro também foram apreendidos. A dupla foi conduzida para a sede da Delegacia de Narcóticos (Denarc) da PCCE, onde foi autuada por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Via SSPDS

👍Nos acompanhe pelas Redes Sociais.
INSTAGRAM:
https://www.instagram.com/cearaalerta_oficial?r=nametag
FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/
YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfV

Compartilhe esta publicação