Um trabalho conjunto realizado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Aracati e da Municipal de Fortim, resultou nas prisões de três homens suspeitos de praticarem um homicídio, no dia 30 de junho deste ano, na cidade de Fortim, na Área Integrada de Segurança 18. As prisões estão relacionadas à Operação Iscariotes, que culminou no cumprimento de mais três mandados de prisão temporária e cinco de busca e apreensão.

Após colherem informações acerca da morte do adolescente Gabriel Rodrigues da Silva (17), no dia 30 do mês de junho, policiais civis da Delegacia Regional de Aracati, em conjunto com a Delegacia Municipal de Fortim, deram início às investigações e chegaram aos nomes dos partícipes do crime. As prisões aconteceram por força de um mandado de prisão temporária. A Operação Iscariotes leva esse nome devido ao fato de um dos envolvidos no crime ser parente da vítima.

Francisco Clemilton Matos da Silva (28), conhecido como “Piu”, com antecedentes por tráfico ilícito de drogas, estupro de vulnerável e homicídio doloso, foi o primeiro a ser preso, no último dia nove deste mês. Já Marcelo Fonseca da Silva (27), com passagens por homicídio doloso, e Eduardo Rodrigues dos Santos ( 22), conhecido como “Vaqueiro”,  foram detidos nessa quarta-feira (17), em suas respectivas casas, e não reagiram às prisões. Eduardo é primo da vítima.

Os infratores foram conduzidos para uma unidade prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia continua com as diligências para capturar outros indivíduos envolvidos no crime.

O crime

O adolescente, que tinha envolvimento com o tráfico de drogas, foi morto a tiros, em um matagal, na madrugada do dia 30 de junho, na cidade de Fortim. Os suspeitos fugiram após a execução.

Fonte: SSPDS.

Siga-nos e fique bem informado

👍 Siga nos #Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

Compartilhe esta publicação