Uma investigação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Metropolitana de Chorozinho, resultou no cumprimento de um mandado de prisão preventiva, na última segunda-feira (4), em desfavor de um homem suspeito de cometer estupro de vulnerável contra sua companheira, que possui deficiência. A prisão ocorreu no bairro Sitio Lagoa dos Currais, em Chorozinho. Além do estupro, o homem responderá pelo crime de ameaça no âmbito da violência doméstica.

Os trabalhos policiais deram início logo após a Polícia ser informada que uma mulher de 36 anos, cadeirante e deficiente auditiva, sofria ameaças e era abusada sexualmente pelo companheiro, um homem de 68 anos, que se aproveitava das condições físicas da vítima, para manter relações sem seu consentimento, além de proferir ameaças à vítima. Segundo informações policiais, o investigado, que tem antecedentes por crimes de trânsito, alegava que abandonaria a vítima para morar na rua, caso ela comentasse sobre a violência praticada por ele.

Com bases nas investigações sobre o fato, a autoridade policial solicitou um mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável, ameaça e injuria contra o suspeito. Ele foi localizado na zona rural de Chorozinho. Após ser localizado, o indivíduo foi conduzido para a unidade policial, onde o mandado foi cumprido. Já a vítima foi encaminhada para ser acompanhada pelo Centro de Assistência Social (Creas) da cidade.

Com informações da SSPDS

👍Nos acompanhe pelas Redes Sociais.
INSTAGRAM:
https://www.instagram.com/cearaalerta_oficial?r=nametag
FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/
YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfV

Compartilhe esta publicação