Uma investigação da Delegacia Metropolitana de Guaiúba da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou nas prisões de mais dois homens suspeitos de envolvimento em um triplo homicídio registrado em Guaiúba. As capturas ocorreram, na manhã de sexta-feira (25), no bairro Mondubim. Um dos indivíduos presos é apontado como chefe de um grupo criminoso que atua na região onde foi preso. No total, quatro suspeitos já se encontram presos.

As informações sobre as prisões foram divulgadas em coletiva de imprensa, na tarde de hoje (25), com a presença do diretor do Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM), delegado George Monteiro. As diligências contaram com o apoio Núcleo Operacional do DPJM, da Delegacia Metropolitana de Maracanaú e do 8° Distrito Policial (DP).

Os suspeitos foram localizados em um condomínio localizado no Mondubim. Contra eles, foram cumpridos dois mandados de prisões temporárias pelos crimes de homicídio doloso qualificado. Eles foram identificados como Cristiano do Nascimento Silva (25), com passagens por homicídio doloso, tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação, crimes previsto no estatuto do menor e periclitação da vida, e Francisco Marcelo Carmo Rodrigues (38), com antecedentes por tráfico de drogas e roubo.

Conforme investigação, Marcelo é conhecido como “Coroa” e é apontado como chefe de um grupo criminoso que atua no bairro Mondubim. Com o final das apurações, a Polícia Civil indiciou dez pessoas pelos crimes de homicídio doloso qualificado, por integrarem organização criminosa, por corrupção de menores e roubo. Desse número, quatro se encontram presos.

Antônio Nildo da Silva Brito (38), conhecido como “Gago”, com antecedentes por ameaça, porte ilegal de arma de fogo, desobediência e crime contra a administração pública, e Francisco Wanderson Xavier Soares (24), com antecedentes por associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo e roubo, foram capturados no último dia 15, poucas horas após o crime. Na ocasião, os corpos de três homens foram localizados no bairro Água Verde. Conforme a perícia de local de crime, os corpos apresentavam lesões decorrentes de disparos de arma de fogo. O inquérito policial que apura o fato foi concluído e remetido à Justiça.

👍Nos acompanhe pelas Redes Sociais.
INSTAGRAM:
https://instagram.com/quixeramobim_alerta?igshid=o9ua0jcc4btv
FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/
YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfV

Com informações da SSPDS

Compartilhe esta publicação