Polícia prende no CE mais um foragido do assalto ao Banco Central de Fortaleza.

Antônio Artenho da Cruz, foragido do furto ao Banco Central, ocorrido há 13 anos em Fortaleza, foi preso na manhã desta quarta-feira (10), em uma localidade de Boa Viagem, no Ceará. Conhecido como “Bode”, o acusado foi encontrado após denúncia anônima à polícia.

Em setembro, Raimundo Laurindo Barbosa Neto, 51 anos, outro integrante condenado pelo furto e também foragido, foi preso na mesma cidadãs. Ele e Artenho nunca tinham sido presos. Já Marcos Rogério, fugiu do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira (IPPOO 2) em fevereiro de 2011 e ainda está solto.

O furto ao Banco Central de Fortaleza ocorreu após três meses de planejamento e escavações. Por meio de um túnel, a quadrilha conseguiu sair de uma residência e chegar ao cofre da instituição, furtando mais de R$ 164 milhões, no dia 5 de agosto de 2005.

‘Bode’ é natural de Boa Viagem, município a cerca de 220Km de Fortaleza. O acusado foi encontrado por policiais do Batalhão do Raio, que montaram um cerco no local após receberem denúncia. De acordo com a Polícia Militar, Artenho da Cruz não esboçou reação com a prisão. No local, foram encontrados uma espingarda, munição e R$ 3.500 em dinheiro.

Fonte: G1 CE.

Compartilhe esta publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *