Seis pessoas foram mortas durante umconfronto com a Polícia Militar na madrugada desta quinta-feira (24), na localidade de Basílio, em Palmácia, no Ceará. Dois suspeitos foram feridos e outros dois foram presos. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), os dez homens são acusados de realizarem assaltos e homicídios na região. Eles reagiram ao serem surpreendidos pelos agentes de segurança e houve troca de tiros.

Dois policiais também se feriram. Um levou um tiro numa mão e o outro torceu o tornozelo na ação. Nenhum deles corre risco de vida, segundo a SSPDS. O secretário de Segurança Pública, André Costa, informou numa rede social que há, ao todo, 19 pessoas envolvidas, mas não informou o paradeiros dos outros nove.

A secretaria informou em nota que, a partir de “levantamentos iniciais, os militares foram informados sobre um local que servia de base para um grupo. Durante a madrugada de hoje, composições da PMCE seguiram até o ponto indicado e montaram o cerco, com o objetivo de capturar os integrantes do bando”.

Uma equipe da Perícia Forense do Estado (Pefoce) foi acionada em Fortaleza para fazer a retirada dos corpos, que foram levados a um hospital da cidade.

Os presos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Baturité.

Após a ação, seis armas de fogo(quatro revóvelres e duas espingardas), drogas, um colete balístico, rádios de comunicação, celulares, uma imitação de arma, três motocicletas (duas delas com registro de roubo) e uma quantia em dinheiro foram apreendidos.

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) “investiga a participação do grupo em ações criminosas contra bens públicos e privados na região”, informou o órgão.

Fonte: Diário do Nordeste.

Compartilhe esta publicação