Outro integrante da organização criminosa chefiada por Francisco Cilas de Moura Araújo (44), o “Mago”, foi capturado em uma ação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). A prisão de Mardônio Maciel Vasconcelos (27) aconteceu na última sexta-feira (31), no bairro Conjunto Metropolitano, em Caucaia, na Área Integrante da Segurança 11 (AIS 11) do Estado. O suspeito é investigado por ter assumido o posto de gerente do tráfico de drogas, substituindo “Mago” nas transações ilícitas do grupo criminoso. Com ele, foram apreendidas anotações com contabilidade do que a Polícia Civil acredita estar relacionado com o tráfico de drogas no município.

Mardônio ou “MRD”, como é conhecido dentro do grupo criminoso, foi capturado em um imóvel do bairro Conjunto Metropolitano. Ele não resistiu à prisão e permitiu a entrada dos policiais civis na casa onde estava para verificar possíveis ilicitudes. Na residência, além de aparelhos celulares, os agentes apreenderam anotações com contabilidade do que a Polícia Civil acredita estar relacionado com o tráfico de drogas no município. O material foi apreendido e levado para que as informações sejam apuradas pela Draco. O suspeito foi levado para a sede da unidade especializada da Polícia Civil por investigar integrantes de organizações criminosas no Estado, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa.

O homem preso pela Draco já tem passagens pelos crimes de homicídio qualificado, roubo majorado, associação criminosa, desobediência, desacato e motim de presos. Conforme levantamentos policiais, ele teria assumido o posto de gerente do tráfico de drogas após a prisão de “Mago” no início deste mês. “MRD” foi preso horas depois de a Polícia Civil do Ceará ter divulgado a localização de Alban Darlan Batista Guerra (25), que foi morto num confronto com a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ), após trocar tiros com os policiais civis, no bairro Gardênia Azul, na zona oeste da capital fluminense.

Trabalho continuado

Essa é a terceira prisão de pessoas suspeitas de praticarem crimes a mando de “Mago” na região de Caucaia, onde a organização criminosa atua. No último dia 20 de julho, a Polícia Civil capturou Mateus Jorge do Nascimento (18), o “Mateuzim” ou “MT”, com passagens por tráfico de drogas, integrar organização criminosa e crime ambiental. Dez dias antes foi a vez de Walisson César Marinho Borges (24), o ‘Guabiru’, ser preso em outra operação da Polícia Civil também em CaucaiaO homem investigado por coordenar as práticas criminosas dos suspeitos capturados foi preso em Teresina, no Piauí, no dia 7 de julho. “Mago” é apontado como chefe da organização criminosa.

As ações policiais que visam identificar pessoas que colaboram direta ou indiretamente para o grupo criminoso chefiado por “Mago” seguem em andamento. Os trabalhos de inteligência e investigação são conduzidos por equipes do Departamento de Inteligência Policial (DIP), Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM) e apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core).

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). As denúncias por meio de mensagens de texto, áudio, imagem ou vídeo podem ser repassadas para os números de WhatsApp da Draco (85) 98969-0182 ou do DHPP (85) 99111-7498. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Compartilhe esta publicação