Durante os oito meses de 2019, o trabalho das forças de segurança cearense resultou na queda de 46% nos roubos de veículo em todo o Ceará. No acumulado do ano passado, foram 6.375 bens automotores subtraídos em ações criminosas. Neste ano, esse número caiu para 3.427. Esse recorte está inserido nos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP), que chega ao seu 27° mês de redução consecutiva no Estado.

A melhoria no acumulado de 2019 ocorre em razão de números positivos em todos os meses deste ano. Em agosto, por exemplo, houve uma redução de 35%, indo de 637 crimes para 417. No mês anterior, julho, a redução foi de 42%, caindo de 696 para 401 CVPs. Em junho, a diminuição foi de 41%, indo de 768 para 454. Em maio, foram 50% a menos, passando de 860 para 429. Em seguida, vem o mês de abril, que passou de 816 casos para 442, o que corresponde a uma redução de 46%. A retração aconteceu também em março, quando os 913 roubos de carro de 2018 caíram para 472 neste ano, correspondendo a uma redução de 48%. Em fevereiro, a queda foi de 49%, indo de 794 para 405. Por último, janeiro, que registrou a maior queda percentual em um mês, com 54% de diminuição, saindo de 891 para 407 casos.

“Nós temos as informações que o Spia nos envia, aliadas às ampliações do videomonitoramento e do motopatrulhamento. Ou seja, se você possui os dados em tempo real, é preciso também chegar em tempo real. No trânsito das grandes cidades, a moto nos permite chegar com maior rapidez, a partir do cerco eletrônico feito dentro da Ciops (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança). O resultado é o melhor índice da década em Fortaleza e no Ceará”, destaca o secretário da SSPDS, André Costa. O gestor cita ainda como o Ceará se destacou nacionalmente. “É uma aposta que fizemos e continuamos fazendo: o investimento em tecnologia, em inteligência artificial e em Big Data, por exemplo. São iniciativas que geralmente só víamos em outros países, e o Ceará partiu na frente, trabalhando junto às universidades”, disse.

Siga-nos e fique bem informado

👍 Siga nos #Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

Fonte: SSPDS.

Compartilhe esta publicação