O desembargador Paulo Airton Albuquerque Filho, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), suspendeu a decisão de afastamento do professor Fernando Ronny de Oliveira do cargo de secretário de Educação de Quixeramobim, ocorrido em 19 de dezembro de 2018, por determinação do juiz titular da 1ª Vara da Comarca deste Município.

Uma ação do Ministério Público do Ceará (MPCE) apontava irregularidadesna realização de um Processo Seletivo Simplificado, como desorganização nas inscrições, desvios na contagem de pontos para favorecimento de candidatos, conduta questionável do coordenador da seleção, nomeações que não seguiram a ordem de classificação, dentre outras.

O professor recorreu à instância superior e na quinta-feira (27) recebeu o parecer favorável. “Sempre tive a consciência tranquila do trabalho desenvolvido e que a justiça seria feita, me dando a oportunidade de defesa. Agora é continuar o nosso trabalho que vem transformando o nosso município em referencia na educação”, comentou o secretário.

Siga-nos e fique bem informado

👍 Siga nos #Instagram
https://www.instagram.com/quixeramobim_alerta/

👍 Curta nossa página no Facebook.
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/

Informações do Diário do Sertão.

Compartilhe esta publicação