O governador Camilo Santana assinou na noite desta quarta-feira, 1º, mensagem que decreta Estado de Calamidade Pública no Ceará por causa da pandemia do novo coronavírus, a Covid-19.

O texto será enviado para a Assembleia Legislativa na manhã desta quinta-feira, 2.

O decreto de calamidade pública permite ao Estado contrair gastos não previstos para enfrentar a pandemia.

O governador já havia decretado estado de emergência na saúde pública. O estado de calamidade pública é mais drástico e aprofunda os instrumentos.

A possibilidade havia sido sinalizada pelo governador na manhã desta quarta-feira.
Em Fortaleza, o decreto de calamidade pública do prefeito Roberto Cláudio (PDT) foi aprovado pela Câmara Municipal e já estar em vigor.

Em âmbito nacional, o Congresso reconheceu estado de calamidade pública.

Fonte: O Povo

Compartilhe esta publicação