Os profissionais do setor de eventos que solicitaram e ainda não receberam o auxílio financeiro concedido pelo Governo do Estado devem ficar atentos para regularizar sua situação e, assim, obterem o benefício.

O prazo máximo para correção dos dados bancários é até às 23h59 desta terça-feira (11). Caso o ajuste não seja feito nesse prazo, o beneficiário terá que aguardar um novo ciclo de correção dos dados, para então ter acesso ao auxílio. A data será anunciada, em informe, no site da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult-CE), pasta responsável

A planilha com a relação completa dos profissionais não-pagos e o motivo referente a cada um também está disponível no site da Secult-CE. Na quarta-feira (12), a Secretaria enviará ao Banco do Brasil os nomes dos beneficiários que ainda não receberam o auxílio, otimizando a realização do pagamento.

Assim, é solicitada cooperação para que as informações estejam corretas no cadastro do Mapa Cultural do Ceará. O crédito nas contas dos beneficiários será efetivado na sexta-feira (14).

CORREÇÕES

Para o caso de o nome estar na lista e apresentar alguma informação incorreta, devem ser tomadas algumas providências importantes. Se a questão se referir à conta bancária ou agência incorretas, os próprios beneficiários deverão acessar suas inscrições e procederem a correção dos dados bancários (conta e agência bancária com dígito).

De uma forma geral, a orientação é que, primeiro, os profissionais interessados confiram em sua inscrição no Mapa Cultural se a conta e a agência do banco (com dígito) informadas no momento da inscrição estão corretas.

Em seguida, também deve ser conferido o número de CPF e o nome completo do beneficiário. Este último item deve ser igual ao documento, portanto não será aceito o nome artístico. A conta informada não pode estar no nome de outra pessoa.

Também é importante que o profissional tenha atenção na declaração dos dados. Em alguns casos, por exemplo, conforme a Secretaria, foi informado conta poupança, no entanto a conta era corrente.

Outra situação revelante é a verificação se a conta poupança está ativa. Se a conta bancária estiver sem movimentação financeira por um longo período, torna-se inativa e não está apta a receber recursos.

Por fim, para correção dos nomes e/ou CPFs, faz-se necessário abrir um chamado no Chat de Suporte, solicitando a correção das informações. Após esse chamado, a equipe do Mapa Cultural do Ceará procederá a alteração dos dados para posterior envio ao Banco do Brasil.

A pasta à frente da ação reforça que as informações referentes ao recebimento do auxílio devem ser obtidas exclusivamente por meios oficiais da Secretaria da Cultura – seja pelo site, redes sociais ou pelo Mapa Cultural. A Secult-CE não pede dados e informações dos beneficiários por outros canais.

Compartilhe esta publicação