O sistema de saúde entrou em colapso em Rondônia e pacientes estão sendo transferidos para outros estados.

Todos os 291 leitos de UTI da rede pública estão ocupados e o governo de Rondônia diz que não há mais como aumentar o número de vagas.

“Nós atingimos o nosso limite. É o pior. Nos não temos mais perspectiva de criar novos leitos. Nem que apareçam muitos médicos não tem mais estrutura física para aumentar”, diz o secretário de Saúde de Rondônia, Fernando Máximo. Vinte e seis pessoas aguardam por vagas em UTIs em Rondônia. Vinte e sete pacientes graves já foram transferidos para outros estados, como Espírito Santo e Mato Grosso do Sul.

Foto: CNN Brasil

👍Nos acompanhe pelas Redes Sociais.
INSTAGRAM:
https://www.instagram.com/cearaalerta_oficial?r=nametag
FACEBOOK:
https://www.facebook.com/Quixeramobimalerta/
YOUTUBE:
https://www.youtube.com/channel/UCyrL1CH9pL4VevySKReSfV

Compartilhe esta publicação